Bem-vindo

caros companheiros(as)

 

Agentes Comuntários de Saúde e Agentes de Combate ás Endemias  de Ouro Branco, e do nosso Brasil, este site  é "nosso" paticipe.

ACS:  ANANIAS ALENCAR

 

 

O SINDACS-AL, através de seu presidente, Fernando Cândido e do Coordenador Regional, Ananias, esteve reunido com os Agentes Comunitários e de Combate as Endemias de Inhapi. A reunião teve o objetivo de levar informações a cerca da atuação do sindicato e encaminhar algumas demandas da categoria. Logo em seguida aconteceu uma reunião com a Secretária de Saúde, Ana Cristina, que recebeu os requerimentos de inslaubridade e do incentivo adicional e debateu a pauta de reivindicações da categoria. Foi assumido o compromisso de em 30 dias a Secretária dar uma resposta das reivindicações a ela apresentada.

O SINDACS-AL, através do seu Presidente, Fernando Cândido e do Coordenador Regional Ananias, esteve reunido com os Agentes Comunitários e de Endemias do Município de Maravilha, foi encaminhada algumas ações para assegurar a categoria daquele município o adicional de insalubridade e outros de interesse da categoria. Ficou ainda definido que os agentes ingressaram com uma ação para receber o incentivo adicional que é repassado pelo Ministério da Saúde aos municípios.

TRIBUNAL DE CONTAS E MP DECIDE QUE PREFEITOS DEVEM PAGAR AOS ACS INCENTIVO ADICIONAL DO FINAL DO ANO!
14/01
No dia de ontem o Governo Federal através do FNS realizou o repasse do INCENTIVO ADICIONAL DO AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE, e conforme a portaria do Ministério da Saúde de 2011, seu valor é de R$ 750,00 por ACS.
Em alguns Estados desde a efetivação dos ACS como servidores públicos, iniciou uma grande discussão sobre o direito ou não dos ACS receberem esse INCENTIVO ADICIONAL no mês de Dezembro, mesmo que já tivesse recebido o seu 13º salário no mês do seu aniversário, já que essa é a regra geral dos Estatutos dos Servidores Públicos.
Para a maioria dos Prefeitos e Secretários Municipais de Saúde a praxe é usar referido valor como “compensação” do adiantamento feito pela Prefeitura do 13º salário do seu servidor ACS, ou ainda, utilizá-lo para aquisição de bicicletas, uniformes, equipamentos de trabalho, EPI’s, veículos para o PSF etc.
Porém, em 2009 o Tribunal de Contas do Estado de Mato Grosso e em 2010 o Tribunal de Contas dos Municípios de Goiás manifestaram pareceres favoráveis aos ACS, e através de decições chegando a afirmar que é “ilegal” a utilização da verba de INCENTIVO ADICIONAL DOS ACS para “compensação” de pagamento de 13º salário ou qualquer outra despesa de natureza salarial, o diferenciando do incentivo de custeio, que pode ser usado para esse fim.
O Ministério Público goiano também se posiciona favoravelmente ao pagamento em espécie desse INCENTIVO ADICIONAL aos ACS, considerando-o um “plus “a sua remuneração, um bônus do Ministério da Saúde aos profissionais.
 
O SINDACS-AL TA MOBILIZANDO SUA ASSESSORIA JURÍDICA NO SENTIDO DE POSTULAR ESTE DIREITO NA JUSTIÇA, CASO OS PREFEITOS NÃO PAGUEM.
 
Postado por Fernando Cândido

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

SINDACS-AL PRESENTE NOS MUNICÍPIOS ALAGOANOS

 
SINDACS-AL SE REÚNE COM AGENTES DE MARAVILHA, INHAPI E OURO BRANCO NO SERTÃO ALAGOANO
 
 
Agentes de Inhapi

Agentes de Ouro Branco


Agentes de Maravilha
     O SINDACS-AL esteve reunido com os Agentes dos municípios de Maravilha, Inhapi e Ouro Branco no Sertão Alagoano, municípios que compreendem a região do coordenador regional José Ananias que é Agente Comunitário de saúde de Ouro Branco. As visitas contaram ainda com a participação do Presidente do SINDACS-AL, Fernando Cândido e teve o objetivo de levar informações a cerca das ações do sindicato. Para Ananias, liderança recém chegada aos quadros do SINDACS-AL, as reuniões tiveram um saldo extremamente positivo. Os agentes tiveram a oportunidade de tirar dúvidas e se informar a respeito das ações do sindicato. Uma base unida e organizada é o princípio de qualquer organização, afirma Fernando, presidente do SINDACS-AL
 
Postado por Fernando Cândido

sexta-feira, 2 de dezembro de 2011

Novas lideranças nos quadros do SINDACS-AL

 
Roberto ACE de Endemias de Coruripe e Coordenador da Região do Litoral Sul

Ananias, ACS de Ouro Branco e Coordenador da Região do Sertão

O SINDACS-AL teve um encremento em seus quadros com a chegada dos companheiros Roberto de Coruripe e Ananias de Ouro Branco, lideranças fortes que com certeza fortalecerão a luta da nossa categoria. O SINDACS-AL em nome da categoria agradece a vinda dos companheiros.
  21/10/2011
   
Laércio defende a criação do piso nacional dos agentes de saúde
Laércio defende a criação do piso nacional dos agentes de saúde
“Agente da esperança. Essa é a expressão que melhor define as atividades de um agente comunitário. Como parte de um batalhão que se espalha pelas cidades do Brasil, esses profissionais visitam diariamente famílias de regiões consideradas de elevada vulnerabilidade social, ou seja, sujeitas a todo tipo de problema que uma vida precária é capaz de trazer”. Foi com essas palavras que o deputado federal Laércio Oliveira descreveu o trabalho dos agentes comunitários de saúde em discurso no Plenário da Câmara dos Deputados, em que defendeu a aprovação do substitutivo ao PL 7451/06 que cria o piso nacional da categoria.
O substitutivo recentemente foi aprovado na Comissão Especial destinada a analisar a criação de piso salarial nacional da categoria. Pelo texto, a remuneração das categorias será de R$ 750 mensais, para uma carga de trabalho semanal de 40 horas, mesmo valor pago atualmente, até 1º de agosto do ano que vem, quando passará para R$ 866,89. Com mecanismo de aumento real progressivo, o objetivo é chegar a dois salários mínimos em 2015. A proposta atende às reivindicações da CONACS – Confederação Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde. Já foram colhidas as assinaturas necessárias para que a matéria seja votada com urgência pelo Plenário da Câmara.

O parlamentar disse ainda em seu discurso que os agentes de saúde são fundamentais para o sucesso dos programas de educação básica por isso a importância de se valorizar a categoria. “Cada agente entra nas casas de cerca de 200 famílias por mês, na grande maioria, muito carentes. Essa proximidade cria uma relação de confiança e os faz conhecer como poucos a realidade dessas pessoas, suas histórias, necessidades e problemas”, afirmou.



Fonte: Carla Passos
Assessoria de imprensa do deputado federal Laércio Oliveira
(61) 3215-5629
(61)8183-8643
www.laerciooliveira.com.br
www.twitter.com/laerciofederal
   

 

quinta-feira, 6 de outubro de 2011

DELEGAÇÃO DO SINDACS-AL PARTICIPA DE SESSÃO SOLENE NO CONGRESSO FEDERAL

 

SINDACS-AL PARABENIZA TODA A CATEGORIA PELA PASSAGEM DO SEU DIA
 
 
 

Dia 04 de outubro é comemorado o Dia Nacional do Agente Comunitário de Saúde e Agente de Combate as Endemias. Portanto, um dia especial para toda a sociedade brasileira. Sobretudo, para esses profissionais que mudaram a face da saúde de nosso país. Em alusão a este dia o Congresso Federal realizou uma sessão solene em homenagem a categoria. A delegação composta de ACSs e ACEs de todo o estado de Alagoas teve a honra de participar deste grande evento.

Presidente da Câmara recebe projeto que estabelece piso nacional dos agentes de saúde

Gomes de Matos (terno escuro e bigode) conferindo o ato.

O deputado federal Raimundo Gomes de Matos (PSDB) e outros parlamentares entregaram, nesta quarta-feira, ao presidente da Câmara, Marco Maia (PT/SP), o projeto de lei, aprovado por unanimidade na Comissão Especial, que estabelece o Piso Salarial Nacional dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes Comunitários de Combate às Endemias.

O parlamentar cearense pediu que a matéria fosse colocada com urgência em votação no plenário da Câmara, para que a lei seja publicada ainda este ano. Marco Maia avaliou com simpatia o pedido.

domingo, 9 de outubro de 2011

Delegação de ACSs e ACEs de Alagoas que participou da mobilização em Brasília

 
 
Parte da delegação

Parte da delegação
     ACSs e ACEs de vários municípios alagoanos participaram da mobilização que ocorreu nos dias 04 e 05 de outubro, em Brasília. O SINDACS-AL mais uma vez garante participação com uma grande delegação na luta em favor de dias melhores para a categoria. O SINDACS-AL é parte integrante da história em favor da regulamentação da EC-63, que dispõe sobre o piso salarial nacional.

Comissão discute piso nacional para agente de saúde e de combate a endemias

Agência Brasil

Publicação: 05/10/2011 15:45 Atualização:

A fixação de um piso salarial nacional para os agentes comunitários de saúde e para os agentes de combate às endemias foi o assunto discutido nesta terça-feira (4/10) em audiência pública na Comissão de Assuntos Sociais (CAS) do Senado Federal. A medida está prevista na Emenda Constitucional 63, que está em tramitação no Congresso Nacional.

O senador Walter Pinheiro (PT-BA), relator do Plano Plurianual de Investimentos (PPA) para os próximos quatro anos, afirmou que vai propor a inclusão de recursos para o piso das duas categorias na previsão orçamentária do próximo ano, que deverá ser votada no Congresso no mês de dezembro. Ele defendeu a fixação de piso mínimo de dois salários mínimos (R$ 1.090) para os agentes.

De acordo com a presidenta do Sindicato dos Agentes Comunitários de Pernambuco (Sinacs), Maria do Carmo, em muitos municípios, as prefeituras pagam apenas R$ 250 para esses profissionais. “Nós mudamos a saúde nos municípios e precisamos da valorização e do reconhecimento dos gestores municipais”, lembrou a representante da categoria.

O senador Walter Pinheiro destacou que o agente comunitário pode ter um papel mais relevante se trabalhar munido de melhores condições materiais, como laptops ou palmtops. Dessa forma, ele poderia repassar informações muito importantes para as autoridades. Os agentes, na opinião de Pinheiro, têm melhores condições para conhecer a situação de pobreza da população brasileira do que servidores encarregados de fazer pesquisas para órgãos como o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Delegação de Alagoas visita Senador Renan Calheiros e Deputado Federal Renanzinho
 

 
O senador Renan Calheiros e o deputado federal Renan Filho receberam ontem (4), em Brasília, um grupo de 53 agentes de saúde do Estado de Alagoas que vieram à Capital do país em busca de apoio para agilizar a regulamentação do piso nacional da categoria, criado pela Emenda 63/2010 e aprovada nas duas Casas do Congresso Nacional.
Durante a audiência, o senador Renan disse da sua satisfação com a “luta histórica” dos agentes de saúde e afirmou que se considera “um instrumento para materialização do piso nacional”, segundo ele, “resultado de uma grande mobilização nacional”.
O senador comprometeu-se com o grupo com relação a uma rápida tramitação da matéria no Senado, tão logo seja votada pelos deputados federais. Renan defendeu ainda junto aos agentes de saúde, a colocação deste tema durante a eleição do próximo ano, “no sentido de debater e comprometer os prefeitos que serão eleitos com o cumprimento do pagamento integral do piso salarial dos agentes de saúde e de combate às endemias”, disse o senador.
Ontem, dia 4, Dia Nacional dos Agentes de Saúde, eles participaram de audiência pública na Câmara dos Deputados e, hoje, dia 5, participarão de reunião no Senado. Além do grupo de Alagoas, caravanas de todo o país já estão em Brasília participando das reuniões. A programação será encerrada nesta quarta-feira, com uma caminhada até o Palácio do Planalto. Pelas proposições em tramitação no Congresso, o valor mínimo a ser pago aos agentes de saúde corresponde a dois salários-mínimos.

Fonte site do Senador Renan Calheiros
Postado por Fernando Cândido

 

Comissão aprova relatório que será colocado em votação no plenário do congresso

 
 
Proposta já conta com as assinaturas necessárias para receber pedido de urgência e entrar rapidamente na pauta do Plenário.
Brizza Cavalcante
Dutra: objetivo é que piso chegue a dois salários mínimos em 2015.A comissão especial destinada a analisar a criação de piso salarial nacional para agentes comunitários de saúde e agentes de combate a endemias aprovou nesta terça-feira (4), o substitutivo do relator, deputado Domingos Dutra (PT-MA), ao Projeto de Lei 7495/06 (e apensados). Pelo texto acolhido, a remuneração das categorias – para uma carga de trabalho semanal de 40 horas – será de R$ 750 mensais, mesmo valor pago atualmente, até 1º de agosto do ano que vem, quando passará para R$ 866,89. Com mecanismo de aumento real progressivo, o objetivo é chegar a dois salários mínimos em 2015.
A proposta agora será examinada pelo Plenário. De acordo com o presidente da comissão, deputado Benjamin Maranhão (PMDB-PB), já foram colhidas as assinaturas necessárias para garantir urgência à matéria. Ainda assim, Maranhão pediu que os profissionais de saúde mantenham-se engajados. “É fundamental continuar a pressão para mobilizar o presidente da Câmara, Marco Maia, e os líderes partidários”, argumentou.
Reajustes
Pelo projeto, em 1º de janeiro de cada ano, o valor do piso deverá ser corrigido com base na variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), apurado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) para os doze meses anteriores.
Como forma de assegurar o aumento real, o substitutivo de Dutra prevê ainda para o piso dos agentes mecanismo de correção semelhante ao adotado para o salário mínimo. Deve-se utilizar como índice o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do segundo ano imediatamente anterior ao reajuste, acrescido de 13,27%. Essa sistemática deverá ser aplicada de 1º de janeiro de 2013 a 1º de janeiro de 2015. A partir de 1º de janeiro de 2016, o aumento deverá corresponder ao aumento do PIB.

União

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

CONVÊNIO

 
SINDICATO ASSINA CONVÊNIO QUE TRAZ BENEFICIOS AOS ASSOCIADOS
 
 
 
O SINDACS-AL assinou convênio com uma Seguradora através da Eulla Corretora de Seguros que traz aos associados e seus familiares Dependentes benefícios na área de Seguros em Causa Morte Acidental, Invalidez Acidental, Assistência  Funeral Familiar e  na área de Saúde  para Consultas e Exames,  Tratamento Odontológico com Aparelho e Documentação Gratuito.
Através do convênio firmado com o Cartão Eulla Card Convênio Descontos, os associados do SINDACS-AL, poderão usufruir de diversos benefícios que os levará a uma melhor qualidade de vida, pois além dos benefícios de atendimento na área de saúde e Odontologia, terá cobertura em caso de uma invalidez por Acidente ou em causa de uma fatalidade; além de assistência funeral não só ao associado, mas extensivo a seus dependentes.
Os associados  que aderirem o convenio, poderão a partir de agora, contar com  o sorteio todos os sábados pela Loteria Federal onde sendo premiados, poderá receber até 5 mil reais , através do Seguro que lhes garante as coberturas de Morte Acidental , Invalidez e Assistência  Funeral Familiar ; com isto o SINDACS-AL  através de sua  diretoria visa trazer aos companheiros  um diferencial  no conceito de associado que esta atuante nas incansáveis lutas da classe . 

GREVE NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE.

 

Companheiros de todo Brasil, coloquei esse titulo na postagem, GREVE NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE.

Pois não aguentamos mais tanta "ENROLAÇÃO" para Aprovação do Nosso Piso Nacional.

Sinceridade não aguentamos mais ver tanta "MANOBRAS DO GOVERNO" para Aprovação do Nosso Piso Nacional.

Na Audiência Publica do dia 09 de Junho de 2011, em Brasília, a qual eu estava presente, o Deputado Federal Jorge Pinheiro (PRB-GO), Falou em alto e bom som, Quando queremos aumentar nossos Salário, nós em uma Reunião Aumentamos, pois os Agentes de Saúde vem nesta luta a mais de 02(dois) Anos e ainda não conseguiram !.

Nós sabemos o que o Deputado Federal Jorge Pinheiro (PRB-GO), falou é uma pura verdade;

Por isto digo e já falei em várias postagens !

O que falta para Aprovação do nosso Piso Nacional é " VONTADE POLITÍCA" por isto defendo e apoio com toda minha força " GREVE NACIONAL DOS AGENTES DE SAÚDE EM PRÓ DO PISO NACIONAL JÁ ! " para criar está vontade neles.

E quero aqui colocar a todos Companheiros ACS-Agentes Comunitário de Saúde e ACE - Agente de Combate a Endemias do Brasil, que fazem parte de Diretoria de Associação, Sindicato, Federação, Confederação e Centrais Sindicais, que realmente defende a Categoria e não Siglas !

" Que Abrace essa Ideia Juntos de Verdade e madureçam, para fazermos uma GREVE NACIONAL com Toda Força e Organização, que este Brasil jamais viu e jamais vai esquecer ".


Quero que todos saiba que estou falando em nome de mais de 300,000 (Trezentos Mil) Companheiros ACS e ACE do Brasil, pois já estamos cansados de "PÉSSIMAS CONDIÇÕES DE TRABALHO E SALÁRIO DE MISÉRIA".


QUERO PERDI AOS COMPANHEIROS DO BRASIL, ADMINISTRADORES DE SITES, BLOG`S E OUTRAS FERRAMENTAS DE DIVULGAÇÃO, QUE REPASSE ESTÁ POSTAGEM, PARA JUNTOS MOSTRARMOS NOSSA FORÇA.


A VITÓRIA É SUA,
A VITÓRIA É MINHA
A VITÓRIA É NOSSA.
OBRIGADO Á TODOS COMPANHEIROS.


Fonte: BIO acs é vida (Paulista-PE)


Postado por: Almir ACS (aguas belas em foco)

postado por: Ananias Alencar (acs& ace Ouro Branco-AL)

SINDACS-AL enviará caravana de ACSs e ACEs de Alagoas para mobilização em Brasília

 
SINDACS-AL NA LUTA POR DIAS MELHORES PARA A CATEGORIA    
 
 
Tudo certo! Ônibus com delegação de Agentes de Combate as Endemias e Agentes Comunitários de Saúde de Alagoas, sairá no dia 02 de outubro, rumo a Brasília. Será 68 Agentes de vários municípios alagoas que se fará presente na mobilização Nacional que acontecerá nos dias 04 e 05 de outubro. A saída está prevista para sair às 14h de Maceió, com concentração na sede do SINDACS-AL, passando por Arapiraca às 16h, aproximadamente.
     O SINDACS-AL tem sido parte integrante desta luta, tem atuado de forma protagonista diretamente nas negociações e nas mobilizações.
     Com a regulamentação da EC-63, e consequentemente a criação do piso salarial nacional corrigiremos várias distorções salariais ocorridas no nosso estado, a capital por exemplo, tem pago aos agentes que são contratados por OSCIPs salários de miséria, a anos estes trabalhadores amargam defasagem salarial. Mas, o SINDACS-AL preocupado com estas e outras situações tem apostado todas as suas enegias na criação do piso salarial nacional.
 
Postado por Fernando Cândido.

CNTSS, CUT e CONACS se reúnem e definem mobilização conjunta

 
 
União das entidades será a marca da mobilização dos Agentes em outubro



Da direita para esquerda: Drª Elane, Ruth Brilhante, Pedro Armengou, Lara e Fernando



CONACS, CNTSS e CUT se reúnem para definir mobilização dos Agentes em Brasília. A reunião aconteceu no dia 15 de setembro, na sede da CUT nacional em Brasília e contou com a participação do secretário nacional de organização da CUT, Jacy Afonso, o Coordenador dos trabalhadores do serviço público da CUT, Pedro Armengou, Fernando Cândido, Diretor da CNTSS, Ruth Brilhante, Presidente da CONACS, Drª Elaine, assessora jurídica da CONACS e a agente Marina Lara do Estado do Mato Grosso do Sul. A reunião teve o objetivo de definir ações conjuntas das entidades – CNTSS\CUT, CONACS- para o início de outubro em Brasília, visando o fortalecimento da luta em favor da regulamentação da EC-63, que dispõe sobre o piso salarial nacional e Plano de Carreira dos ACSs e ACEs.
Jacy Afonso ressaltou que as duas entidades o procuraram para pedir o apoio logístico (banheiros químicos, tendas, trio elétrico, cadeira, etc.) e político da CUT para a referida mobilização, no entanto, para o secretário nacional de organização da CUT, não teria sentido o apoio se não houvesse a unificação da luta, pois a pauta é comum. Pedro Armengou, afirmou que a CUT deliberou em reunião apoio a nossa luta, portanto precisávamos definir um calendário de atividades que contemplasse as demandas das duas entidades. Na visão do Fernando Cândido, diretor da CNTSS, bem como na opinião da Presidenta da CONACS, Ruth Brilhante o momento é de união e a soma de forças beneficiará a categoria. Como encaminhamento foi combinado a seguinte programação unificada das entidades:
Dia 04 de outubro, às 8h – Concentração na esplanada dos Ministérios (estrutura montada com Banheiros químicos, Cadeiras, tendas, trio elétrico)
Dia 04 de outubro, às 10h -Sessão Solene na Câmara dos Deputados em homenagem a dia Nacional do Agente;
Dia 04 de outubro, às 14h – Caminhada ao Palácio do Planalto;
Dia 04 de outubro, às 17h – Plenária para informes e encaminhamentos na estrutura montada na esplanada dos ministérios e término das atividades do dia.
Dia 05 de outubro, às 09h – Audiência Pública no Senado
Dia 05 de outubro, às 13h – articulação com líderes das bancadas
Observações:
1 - No dia 04 às 14h, simultaneamente a caminhada ao palácio do planalto ocorrerá reunião da comissão de analise do projeto de lei 7495, portanto foi definido que aproximadamente 300 ACSs e ACEs participaram da reunião;
2 – A CONACS manterá sua agenda para o dia 03 de outubro, ficando a mesma responsável em informar suas bases o cronograma de atividades para este dia;
            Por fim foi encaminhado um ofício, subscrito pela CUT, CNTSS e CONACS solicitando uma audiência com o Ministro Gilberto Carvalho, da secretaria da Presidência da República.
 
Postado por Fernando

Conferência Estadual de Saúde discute Gestão SUS

 
 SINDACS-AL presente na Conferencia de Saúde de Alagoas 
A doreita: Dr. Hebrique Vitalino do Ministério da Saúde ao lado doss Agentes:  Ailton de Capela e Paulinho de Teotônio e Fernando,  SINDACS-AL

Edinho de Pão de Açucar, Paulinho de Teotônio e Fernando
 

  A Sétima Conferência Estadual de Saúde, foi aberta na noite de segunda-feira, no Centro de Convenções pelo secretário de Estado da Saúde, Alexandre Toledo, que deu as boas vindas aos participantes. A conferencia contou com a participação de delegados dos 102 municípios alagoanos e seguirá com mesa redonda tendo como tema Gestão SUS. O evento prossegue até esta quinta-feira, quando haverá a homologação da delegação alagoana, que irá representar o estado na Conferência Nacional de Saúde, em Brasília no final deste ano.Vários Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate as Endemias, de diversos municípios, que são filiados a nossa entidade estiveram participando efetivamente dos debates.  
 
Postado por Fernando Cândido
Gazeta de Alagoas / Severino Carvalho
O delegado do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) em Alagoas, Gilberto Coutinho, alertou que o uso indevido das retroescavadeiras do PAC 2 pode resultar no cancelamento do convênio com as prefeituras e a perda das máquinas.

“A continuidade da máquina com a prefeitura depende do cumprimento do termo de compromisso assinado pelos prefeitos dos 31 municípios beneficiados. Eles sabem que esta máquina só pode ser usada para o benefício do trabalhador da agricultura familiar”, afirmou Coutinho.

Ele revelou que vai encaminhar uma advertência à Prefeitura de Porto Calvo, alertando o gestor sobre as punições que podem ser adotadas e cobrando o cumprimento do termo de compromisso.

Coutinho lembrou que uma das maiores queixas dos próprios prefeitos é a dificuldade para manter a trafegabilidade das rodovias vicinais que cortam os assentamentos do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (Incra) e as pequenas propriedades rurais que atuam com a agricultura familiar, por isso, cobrou compromisso dos gestores.